domingo, 31 de maio de 2009

Coluna Elaine Barcellos - 30 de maio

Dia da Imprensa


Nesta segunda-feira (1 de junho) comemora-se o Dia da Imprensa. A data é em função do surgimento do jornal Correio Braziliense, no dia 1º de junho de 1808, e em reverência ao primeiro jornalista brasileiro. Hipólito José da Costa é considerado o pai da imprensa por isto e por ter sido o primeiro redator político, econômico e de costumes em língua portuguesa.



Bela e Santa Catarina
A diversidade cultural e a beleza catarinense estão retratadas num filme publicitário produzido pela D/Araújo Comunicação para o Governo de Santa Catarina. Em inglês, mas com legendas em português, ele exibe paisagens exuberantes que variam entre serra e litoral. O vídeo destaca as heranças culturais de vários povos, as opções de lazer, incluindo o ecoturismo, além da preservação ambiental, das oportunidades de negócios e da infra-estrutura do estado, considerado pelo segundo ano consecutivo o melhor destino turístico do Brasil. O material foi exibido durante o 9° Congresso Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), neste mês de maio, em Florianópolis. Ele já está disponível no
youtube e vale a pena conferir.

Mamonas Assassinas
Eles não morreram! Além de lembrados por todos os jovens da década de 80 e 90, agora sua memória será perpetuada por um documentário sobre a trajetória dos Mamonas Assassinas. A MTV e a Record fecharam um acordo envolvendo um documentário dirigido por Cláudio Kahns. “Mamonas, o Doc” ainda não tem data de estréia na TV. A MTV não sabe se exibirá o documentário em setembro ou no início do ano que vem, próximo ao lançamento do DVD do documentário. A produção conta a trajetória da banda - que morreu em 1996, em um acidente aéreo - com base em entrevistas com amigos dos integrantes e material de arquivo. Paralelamente ao documentário, a Record Entretenimento prepara um filme sobre a vida do grupo. Mamonas, o Doc poderá ser exibido na Record, mas só depois de ir ao ar na MTV. Aos fãs resta aguardar.

Avaliação escolar

Escolas de Santa Catarina participaram de avaliação internacional. Do total de 997 escolas de todo o Brasil que realizarão a prova do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), 38 são catarinenses, sendo 18 da rede pública estadual, dez da municipal e dez privadas. Em Santa Catarina, o exame ocorreu de 26 a 28 de maio, com a possibilidade de uma segunda aplicação para aqueles que não puderam comparecer na data anterior. O resultado será divulgado em dezembro de 2010. A aplicação da pesquisa serve como amostragem dos alunos nascidos em 1993 e que estejam matriculados nos 7o e 8o anos do ensino fundamental. Em todo o País devem participar do exame 50 mil estudantes. Em Santa Catarina o número varia de dois a 60 alunos por unidade escolar. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) responsável pela coordenação do Programa no Brasil, investirá R$ 1,9 milhão na aplicação da prova que terá ênfase na leitura e nas áreas de ciências e matemática. O difícil vai se esperar o resultado, que será divulgado apenas daqui a 18 meses.


Geminiana

Ana Paula Ludwig Kaefer é a primeira aniversariante do mês de junho que conheço aqui em Videira. Esta geminiana assopra as velinhas nesta segunda-feira, dia 1º de junho. Quem for ao cinema neste dia [ou depois] passa na bomboniere e felicita a guria, que é uma simpatia e prestativa atendente. Parabéns Ana Paula, pelos 20 anos completados.

Mínimo Estadual

O vice-presidente da Fiesc, regional Centro-Norte, esteve em Videira para inauguração de melhorias na escola do Senai. Na ocasião ele citou que o Sistema das Indústrias tem um posicionamento contrário a implantação e adoção do salário mínimo regional, discutido entre instituições sindicais, sociedade organizada e governo do Estado atualmente. Para a Federação, há o salário mínimo nacional que ampara o trabalhador em geral e o salário mínimo econômico regionalizado, das categorias, baseado nas necessidades e custo de vida em cada região. Um terceiro iria ignorar as diferenças regionais e culturais prejudicando diversos trabalhadores, na visão dos dirigentes da Fiesc.

X-men no Cinema
Agora é pra valer! X-men: Origens Wolverine está de volta na telona até o dia 4 de junho. Quem é fã dos mutantes não pode perder mais esta oportunidade de conferir como ele passou a ter garras de laminadas. A ação está em cartaz às 17h15 e tem 1h50 minutos de duração. Aproveite a semana de promoção relâmpago no Grupo Cine e pague apenas meia entrada, de segunda a sexta-feira. Confira também a promoção com o filme Uma Noite no Museu 2, meia entrada para todos na sessão das 15h15, também de segunda a sexta-feira. E segue em cartaz o grande sucesso, Anjos e Demônios, em três horários: 16:30 - 19:00 - 21:30.


* * *
Coluna Elaine Barcellos
Jornal Correio de Videira
Publicado em 30 de Maio de 2009

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Prêmio Fatma de Jornalismo 2009

Jornal Correio de Videira está na final
VENCEDORES DO CONCURSO nas categorias impresso, rádio e tevê serão conhecidos no evento de premiação durante a Semana do Meio Ambiente, em Florianópolis

Nesta semana, foram divulgados os vencedores regionais do Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental, da categoria mídia impressa. Em cada uma das 14 regionais da Fundação do Meio Ambiente há um premiado que recebe o troféu. O jornal Correio de Videira está entre os 14 melhores do estado. Os vencedores regionais concorrem a final do concurso que tem o patrocínio da Tractebel Energia. Já o apoio institucional conta com a participação da Associação Catarinense de Imprensa (ACI), Associação Catarinense de Rádio e Televisão (Acaert), Associação dos Diários do Interior (ADI), Associação dos Jornais do Interior (Adjori) e Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Santa Catarina (SJSC).

O Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental tem o objetivo de valorizar o trabalho de reportagem que aborde temas sobre a importância da preservação do meio ambiente ou exemplos de “cases” que melhoraram o meio ambiente através de ações de desenvolvimento sustentável. De acordo com esses critérios, a equipe de jornalismo do Jornal Correio apresentou reportagem sobre compostagem com dejetos suínos na região, desenvolvido por produtores rurais integrados a agroindústria Perdigão.

Com a orientação técnica da empresa, os criadores desenvolvem uma forma sustentável de destinar as sobras de ração e excrementos sem agredir o meio ambiente. Com esta atitude adotada, eles também têm uma redução de custos com a produção do adubo orgânico, que utilizam na própria propriedade. A compostagem ainda pode agregar valor ao orçamento da família, se decidir comercializar o adubo.

Com a reportagem “Sustentabilidade – Dejeto de suínos vira adubo orgânico”, o jornal Correio de Videira é finalista do prêmio que valoriza ações protetoras na área do meio ambiente, sustentáveis e até de denúncias. O vencedor em cada modalidade será anunciado em evento durante a Semana do Meio Ambiente, que acontece de 2 a 8 de junho. Nas categorias rádio e televisão não há prêmio regional, apenas o ganhador estadual que recebe troféu e a premiação em dinheiro para cada especialidade.

Foram mais de 80 trabalhos inscritos nas três mídias enfocadas na
segunda edição do concurso.

finalistas
REGIONAL MATÉRIA VEÍCULO JORNALISTA

Florianópolis Lucro verde Diário Catarinense Alexandre Lenzi
Florianópolis Moda verde Diário Catarinense Viviane Bornholdt
Joinville O lixo que pode criar calçada A Notícia Camille Cardoso
Joinville Água da chuva para lavar calçadas A Notícia
Raquel Schiavini
Blumenau Água: o princípio da vida Município Dia a Dia Carina Machado
Caçador Sustentabilidade – Dejeto de suínos vira adubo orgânico Correio de Videira
Elaine de Araújo
Chapecó No lado de fora Revista Flash Vip
Silvane dos Santos
Criciúma O gigante adormecido Jornal da Manhã Larissa Biléssimo
Joaçaba Parque Fritz Plaumann: local em que a natureza renasce O Jornal
Ana Paula Roncaglio
Lages A agonia dos rios catarinenses – Contrastes na maior região hidrográfica Diário Catarinense Pablo Gomes
Rio do Sul Reciclagem do lixo – Salvando e modificando vidas O Rio-Sulense Débora Cláudio
São Miguel D´Oeste Lei Ambiental inviabiliza propriedades A Sua Voz Andréia Munari
Tubarão Meio ambiente – Maior problema da Amurel é a água Notisul
Amanda Menger

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Semana da Imprensa: ARI incia programação amanhã

COMUNICAçãO Quinta-feira, 28 de Maio de 2009 18:54

A 11ª Semana Hipólito José da Costa começa no próximo sábado, 30, na Associação Riograndense de Imprensa (ARI). O evento está marcado para as 10h30, no Salão Nobre da sede da ARI (Avenida Borges de Medeiros, 915, 8º andar), e tem como primeira atividade o painel ‘Hipólito, o precursor’, com as presenças do jornalista Lauro Schirmer, diretor do Museu de Comunicação Hipólito da Costa, e do pesquisador Carlos Roberto Costa Leite.

Na ocasião, haverá o lançamento do site www.midiaRS.jor.br, que se propõe a desenvolver a análise crítica da imprensa. A iniciativa é do jornalista Mário Villas-Bôas da Rocha, diretor do Departamento Universitário da ARI e professor do Departamento de Comunicação (Decom) da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (Fabico) da Ufrgs. Logo após, ocorrerá uma confraternização entre sócios e convidados no Bar Social da ARI, de onde será transmitido, ao vivo, a partir das 12h, pela Rádio da Universidade, o programa ‘Conversa de Jornalista’.

Durante a semana, também haverá o lançamento da 51ª edição do Prêmio ARI de Jornalismo. A programação será encerrada no dia 6 de junho, às 10h30, com a palestra ‘Comunicação em Tempos de Crise’, com o professor André Arnt, consultor de empresas e diretor da ColetivaEAC – Estudos Avançados em Comunicação, Marketing e Opinião Pública.

A Semana Hipólito José da Costa foi instituída pela Lei Estadual nº 11.300, de 29 de dezembro de 1998. Comemorada anualmente em função do surgimento do jornal Correio Brazilense, no dia 1º de junho de 1808, a iniciativa visa reverenciar a memória do primeiro jornalista brasileiro e primeiro redator político, econômico e de costumes em língua portuguesa.

Confira a programação

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Jornalismo marrom: Ela foi salva pelos air bags


Falarei agora sobre as cores do jornalismo. Melhor, sobre uma possível fonte de notícias populares, citando um exemplo, pois, para os colegas ou profissionais da comunicação não estaria trazendo nenhuma novidade. Na verdade, seja no jornalismo ético ou no amarelo/marrom, o povo sempre serviu de fonte de informação ou pelo menos de indicativo dela. Afinal, sempre tem um bicudo querendo ser o centro das atenções.

Pois então, o jornalismo tem cor. Sim, até esta atividade é rotulada em tons e cores. São eles o jornalismo amarelo e o marrom. Ambos tratam de assuntos sensacionalistas, inverídicos até, mas possuem origens levemente diferenciadas.

Não irei explanar aqui sobre cada uma das formas e seus nascimentos. Procurei links onde os menos conhecedores poderão ter uma noção do assunto (Para quem não é formado e nem jornalista de carreira, imagina entrar no mercado de trabalho sem informações que a academia proporciona? Depois dizem que o diploma/faculdade não serve para nada). Vou direto ao que me remeteu ao jornalismo marrom.

Estava eu nesta terça-feira (26) aguardando atendimento na padaria próxima aqui de casa. Mais precisamente ao lado das funerárias e em frente ao Hospital Salvatoriano Divino Salvador. Meu interesse no local era de adquirir dois pãezinhos de polvilho doce a fim de terminar o trajeto até o lar, distraindo-me mastigando algo. Uma eficiente distração, aliás, já que aqueles pães aos poucos vão grudando nos dentes e no céu da boca.

Porém, acabei subindo a lomba sem o “petisco”. Não tive paciência para esperar que um senhor terminasse de narrar o acidente que a esposa de um figurão de Videira havia sofrido numa comunidade em Iomerê, cidade vizinha com menos de dois mil habitantes.

“...Ela foi salva pelos air bags [pausa para tentar ilustrar a cena: Estava o senhor, perfil de colono, portanto, sotaque também de uma pessoa de origem italiana, com as duas mãos apontando para as próprias mamas]. O corpo da mulher ficou num espacinho assim ó?! O resto do carro [não lembro a marca] foi todo imprensado e ela só sobreviveu por causa dos air bags [risos do senhor]...”

A única balconista que atendia no momento estava com os produtos embalados e a soma do consumo prontos. Mas o senhor não dava pausa no assunto. Uma jovem cliente fazia de um pacote de salgadinhos a base de milho e um refrigerante, seu lanche da tarde. Porém, dava para perceber seu êxtase ao acompanhar a história do cidadão. Faltou pouco para perguntar-lhe se havia testemunhado o acidente. Provavelmente não... Eles nunca vêem ou ouçam nada.
Preocupada com uma matéria que havia caído, decidi rumar para casa. Ah, seria tão mais fácil trabalhar para um jornal com abordagem sensacionalista, sem compromisso com os fatos, realidade e até a verdade... Nunca me faltariam matérias. Nunca! Hoje, por exemplo, a socialite já seria capa do jornal, onde a manchete seria algo como:



EXTRA
Peitos de mulher barbeira evitam sua morte ao volante


Imagens Google.com

Links

ARTIGOS

domingo, 24 de maio de 2009

Coluna Elaine Barcellos - 23 de maio


Foto Pedro Schaitel/Videira

Acesso a internet
Estudantes e cidadãos que precisam de acesso internet tem a opção de utilizar a sala de pesquisa on line na Biblioteca Municipal Euclides da Cunha. O serviço é disponibilizado pela prefeitura, gratuitamente. São dez máquinas a disposição da sociedade, de segunda a sexta-feira, das 8 horas ao meio dia e das 13h30 às 17h30. Para fazer uso dos equipamentos, um cadastro é realizado, onde o cidadão deve apresentar o comprovante de residência e um documento de identidade com foto. Para salvar as informações pesquisadas é permitido o uso de pent drives.

Aos pós-graduandos

Termina no dia 5 de junho o período de inscrições para bolsas de estudos para quem está matriculado em cursos presenciais de pós-graduação, em nível de especialização, mestrado e doutorado. Os interessados em bolsas referente ao Artigo 171 têm até esta data para efetuar sua inscrição na Gerência Regional de Educação – Supervisão de Educação Superior, a qual seu município está vinculado. A Secretaria de Estado da Educação alerta que as bolsas são limitadas. A chamada pública, assinada pelo secretário Paulo Bauer, no dia 5 de maio, está publicada na íntegra no site www.sed.sc.gov.br. No total serão concedidas 129 bolsas, das quais 90 para a especialização no valor de R$ 600,00; 27 para o mestrado, no valor de R$ 1.200,00 e 12 para o doutorado, R$ 1.800,00.


Contra gripe

A Secretaria de Estado da Saúde conseguiu atingir a meta estabelecida na Campanha de Vacinação contra a Gripe. Até o dia 15 de maio, 478.350 idosos haviam sido imunizados contra a doença em Santa Catarina, o que equivale a 75,51% das pessoas com mais de 60 anos que residem no Estado. O objetivo era de vacinar 475.133 idosos. As doses permanecerão à disposição da população nos postos de saúde até o dia 29 de maio, com o intuito de atender quem não conseguiu se vacinar durante a campanha. Quem só vai completar 60 anos no mês que vem também pode tomar a vacina, gratuitamente, nos postos de saúde. A vacina contra a gripe é a principal medida disponível para a prevenção da internação por gripe ou por outras causas respiratórias e suas complicações.

Defesa Civil

O Departamento Estadual de Defesa Civil comemorou 36 anos de implantação nesta quinta-feira (21) com a entrega da Medalha de Mérito Colombo Machado Salles. Os homenageados foram cinco representantes dos estados que auxiliaram Santa Catarina após as chuvas de novembro de 2008. Na ocasião foi sancionada a lei que instituiu a Semana Estadual de Defesa Civil, além do lançamento do filme Percepção de Risco - A Descoberta de Um Novo Olhar, o qual integra um projeto educacional do órgão.

Ministério Público

Segundo vídeo institucional do Ministério Público do estado explica o que é a instituição e como o cidadão pode buscar a ajuda de um promotor de Justiça. O vídeo "MPSC defendendo a Sociedade" já está no ar no canal do Ministério Público de Santa Catarina no YouTube. Com aproximadamente dez minutos de duração, ele explica o papel da instituição no sistema de Justiça, as diferenças entre um promotor e um procurador de Justiça, em que tipos de casos o Promotor de Justiça atua e as maneiras da população levar as suspeitas de irregularidades e de abusos de seus direitos ao conhecimento do MPSC. No dia da sua publicação, sexta-feira, 15 de maio, o canal ficou entre os 60 canais mais assistidos no YouTube no Brasil - www.youtube.com.br/ministeriopublicosc.

Anjos e Demônios

O suspense vem fazendo o maior sucesso no Grupo Cine de Videira, que tem tido a sala 2, com capacidade para 129 pessoas, bem próximo da lotação. A película que trata sobre uma conspiração que envolve o assassinato de cardeais às vésperas da eleição do novo papa tem atraído a curiosidade das pessoas aqui de Videira e região. O filme está passando até o dia 28, às 19 horas e 21h30. Também está em cartaz X-Men: Origens Wolverine, às 15 horas no final de semana, e às 17 horas de segunda a quinta-feira. No lançamento da semana, está a comédia Uma Noite no Museu 2, às 15h15 - no final de semana apenas -, 17h15, 19h15 e 21h15. Confira!

Bombeiro Militar


Estão abertas até 15 de junho as inscrições para o Concurso Público para o curso Formação de Oficiais Bombeiro Militar. Este Edital oferece 20 vagas para inclusão de cadetes, sendo 18 masculinos e 2 femininos. Para se inscrever é necessário que o candidato tenha nível superior completo (bacharel ou licenciatura plena). O edital completo pode ser acessado nos sites: www.acafe.org.br e www.cbm.sc.gov.br. Os candidatos aprovados e classificados iniciarão o Curso de Formação de Oficiais no segundo semestre deste ano.

Cartilha da Ammoc

Ammoc lançou a cartilha sobre Hábitos Alimentares Saudáveis. O livreto foi desenvolvido pelo Setor de Nutrição da associação será distribuído para alunos das escolas municipais e estaduais onde a merenda escolar é municipalizada. A cartilha ilustrada tem como personagem principal o menino super saudável, que tem como missão ensinar os alunos da região da Ammoc a serem como ele. O grande segredo dos super poderes são refeições com alimentos corretos que garantem o crescimento e desenvolvimento saudáveis. Além das dicas de alimentos saudáveis e da pirâmide alimentar a cartilha trás brincadeiras como desenhos para colorir, caça palavras e palavras cruzadas com questões que os alunos respondem sobre hábitos alimentares corretos e alimentos saudáveis. Bela iniciativa que também poderia servir de exemplo pela Amarp.
* * *
Coluna Elaine Barcellos
Jornal Correio de Videira
Publicado em 23 de maio de 2009
Imagens: Google

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Em quem me espelho?


Chega um momento da vida profissional em que não precisaremos mais procurar ícones do jornalismo para se espelhar. É que quando se alcança um nível de desenvolvimento tão qualitativo, que se passa ser referência ao invés de buscá-las. Eu acredito nisso tanto quanto acredito no jornalismo, porém, estou longe desse nível ainda.

No momento procuro pessoas com conhecimento superior a mim, com mais experiência, com qualidade textual, técnica nas diversas mídias. Sejam elas tradicionais ou contemporâneas. Preciso ter um jornalista a quem eu possa me referenciar, trocar diálogo, idéias, elucidar dúvidas e expor minhas experiências e aprendizados diários. Só que no momento estou sozinha por aqui.

É muito difícil fazer a autocrítica, se autoavaliar, fazer as correções, ver os vícios de linguagem e ainda se atualizar quando não há a quem buscar apoio. É vergonhoso, eu sei, mas há algumas semanas cometi um erro tão grave, que se fosse o editor me demitiria por justa causa. Depois de revisar várias vezes, ter a noção de que havia algo errado e não enxergar, ignorei a suspeita e deixei passar uma chamada de capa com um erro de linguagem, um equívoco, um erro de informação, tudo junto reunido.

Não repetirei a falha aqui, por que esses momentos têm que se torcer para que ninguém perceba e comente contigo e com a chefia. Acordar no dia seguinte para ver o ato falho estampado na capa do jornal e saber que tu mesmo foi o autor daquela grafia é terrível. Pior ainda é dormir sabendo que cometeu um erro que não sabe qual era. Tive que refrescar a mente por algumas horas para ver a informação errada, mas então já era tarde. Confesso que foi um aprendizado a duras penas, que deve ficar escondido no currículo.

Agora mais do que nunca me volto para a internet para me atualizar. Policio-me com maior ênfase, mas confesso que deixei de fazer as manchetes. Tenho medo... Ficar longe dos grandes centros também significa não poder “apalpar o conhecimento físico”. É o ônus de se morar numa comunidade menor ao qual se foi formada, educada e estava habituada, em prol da vivência profissional em veículo.

Obviamente que tem seus benefícios e não nego a oportunidade. Mas quando se começa a cometer erros graves creio que é chegada a hora de se pensar em aperfeiçoamento. Isso é salutar para ambos os lados envolvidos. Empregado e empregador. Aliás, para os três lados já que tem o leitor também na história. E ele não é burro, pelo contrário, é tão ou mais esperto que nós, que escrevemos “o jornal de ontem com notícias de anteontem”, com canta Frejat em Fúria e Folia. Quando não se está formado 100%, não se pode perder o modelo ao qual se espelhar.

* * *
Fúria E Folia

Me chamo vento, me chamo vento
Passeando pela cidade destruída
bombas foram lançadas e tudo reduzido a pó
Na praça aberta sou um colar de livres pensamentos...
quem quer comprar o jornal de ontem
Com notícias de anteontem?
Me chamo vento...
Me chamo vento...
Me Chamo vento
Nada sei apenas vivo a parambular
uns trabalham por dinheiro
outros por livre e espontânea vontade
Eu trabalho para o nada espalhando pelo chão
sou solidão a dançar com a língua no formigueiro
Ando, ando, ando sem parar
na poeira dos fatos nas transparências
Viver é furia e folia, rumo ao mágico
Me chamo vento, me chamo vento
Passeando pela cidade destruída
bombas foram lançadas e tudo reduzido a pó
Na praça aberta sou um colar de livres pensamentos
sou solidão a dançar
Com a linguagem no formigueiro...
Viver é furia e folia, rumo ao mágico