domingo, 31 de janeiro de 2010

CARNAVAL: Retiro é alternativa dos cristãos

FOTOS DIVULGAÇÃO: Retiro de Carnaval 2009


ELAINE BARCELLOS
Jornal Correio de Videira


Um carnaval com Jesus. Assim promete os quase três dias de folia, que os Jovens Transformados por Jesus (JTJ) estão organizando. O Retiro de Carnaval (diocesano), que este ano está em sua segunda edição, acontece de 12 a 14 de fevereiro, em Videira. A coordenadora do grupo JTJ, Vanessa Pissaia, comenta que a programação contempla festas com bandas no final de semana, palestras, missas e momentos de confraternização.

O evento acontece na Casa de Retiros, antigo Seminário Divino Salvador, no bairro Floresta. O local possuiu infraestrutura adequada, quartos com banheiro e chuveiro para hospedagem, onde os jovens devem se preocupar apenas em levar roupas de cama. A recepção acontece a partir das 19h30 de sexta-feira, 12 de fevereiro e o retiro termina no domingo, 14, após o almoço de confraternização.



Grupo de Jovens Transformados por Jesus organiza evento que contrapõe a tradicional, mas que também conta com samba, pagado e axé, porém com músicas sacras


Na programação haverão músicas sacras em ritmo de marchinhas, samba, pagode, axé, entre outros ritmos, que serão executados pela banda de Fraiburgo, Brilho dos Anjos, na festa de carnaval de sexta-feira, após a realização de uma missa no local. No sábado, o dia será em companhia de padre João Luiz (Lebon Régis) e do pregador Ralf (Balneário Camboriú). Eles farão palestras ao longo do dia e participarão de dinâmicas com os jovens. No final da tarde, todos deverão estar presentes na missa na Igreja Matriz e à noite, mais uma festa de carnaval. Porém, desta vez com fantasias e ambiente decorado, ao som do Ministério da Música Tabernáculos, de Mafra. Para encerrar as atividades, domingo terá mais atividades religiosas e a confraternização durante almoço.

De acordo com Vanessa, o objetivo do Retiro de Carnaval é proporcionar uma alternativa de diversão aos jovens de forma saudável e com segurança. “Queremos mostrar que há uma alternativa de aproveitar o carnaval sem o uso de drogas e bebidas alcoólicas ou se envolvendo com tantos outros vícios. Não há ressaca e nem arrependimentos, é uma felicidade que não passa no dia seguinte”, afirma a jovem.

As inscrições para o Retiro de Carnaval estão abertas. Vanessa comenta que na primeira edição, em 2009, sobraram poucas vagas, mas para este ano, devido o sucesso entre os presentes no ano passado, a expectativa é de que as 100 vagas sejam preenchidas rapidamente. Os interessados no carnaval alternativo devem buscar mais informações por e-mail ou MSN: jtj.rcc@hotmail.com, pelo blog do grupo de jovens http://www.rccvideira.blogspot.com/ ou pelos telefones (49) 9981.1740 com Mari e 9986.2657 com Vanessa.

O custo unitário para o retiro é de R$ 50 até o dia 8 ou de R$ 60 após essa data. O pagamento pode ser feito durante as reuniões com os grupos de jovens, todos os domingos às 19h15 no Centro Paroquial de Pastorais da Igreja Matriz de Videira. Os participantes terão direito a dois cafés, dois almoços e duas jantas, além de lanches.

Seminário Divino Salvador, em Videira

SERVIÇO
O que:
Retiro de Carnaval 2010
Onde: Na Casa de Retiros – antigo Seminário Divino Salvador
Quando: Das 19h30 de 12 de fevereiro às 12h30 de 14 de fevereiro
Quanto: R$ 50 ou R$ 60

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

INTERNET: Campus party



Ex-blogueiros contam por que deixaram suas páginas
Izabela Vasconcelos, de São Paulo



Mais de 175 mil blogs são criados por dia, desse total, muitos abandonam suas páginas. No painel “Existe ex-blogueiros”, na Campus Party nessa quarta-feira (27/01), Gilberto Knuttz, criador do ueba.com.br; Gabriel Von Doscht, do dequejeito.interbarney.com; Rafael Capanema, do rafaelcapanema.interbarney.com; e Clarissa Passos, do garotasquedizemni.ig.com.br, moderados por Tiago Dória, discutiram alguns dos motivos que os fizeram parar de escrever.

Para Clarissa, havia retorno financeiro, mas faltou motivação para o blog que durou cinco anos. “Fizemos o 'garotas' em 2003 por pura diversão. Depois conseguimos um contrato com o IG, mas chegou uma hora que não estava dando mais prazer”. A jornalista disse que o espaço conseguiu muitos leitores e fez questão de explicar o fim do blog ao público. Gilberto Knuttz perdeu o número de blogs que começou e parou. Mas hoje está firme no CyberVida, com atualizações diárias.

Rafael Capanema, que hoje é repórter do caderno de informática da Folha de S.Paulo, também deixou de escrever por falta de motivação. “Os posts têm que ser espontâneos, não forçados. Já fiz dois pressionados e não ficaram bons”, afirma.

Os debatedores também citaram casos de plágios como um dos motivos que irritam os blogueiros, que muitas vezes não encontram onde se defender. “Um blogueiro sempre copiava meus posts, e ainda recebia comentários por eles. Quando o procurei, ele disse que eu que tinha invadido o computador dele para copiar os textos dele”, conta Von Doscht, que deixou sua página mas não a tirou do ar porque pretende postar alguma “vez na vida”, como ele mesmo explica.
.
Os blogueiros também têm que estar preparados para lidar com a pressão dos leitores, que cobram por atualizações e novidades. “Uma vez fiquei dois dias sem atualizar e me ligaram porque tinha um boato de que eu tinha sofrido um acidente”, lembra Von Doscht.

O moderador, Tiago Dória, que também é blogueiro, lembrou que “o blog é uma mídia de uma pessoa só, e por isso a pressão é maior”.

Quando deixam suas páginas, os ex-blogueiros procuram se expressar de outras formas, como por exemplo, pelo Twitter, Facebook ou outros trabalhos paralelos. Apesar disso, não acreditam que uma mídia substitua a outra. “As vezes dá vontade de voltar, mas o Twitter e Facebook quebram um galho. Mas cada um é uma plataforma diferente. O Twitter não vai acabar com os blogs”, declarou Clarissa.


Leia também:

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Já começou a corrida contra o sobrepeso

FOTO A COLUNA
Edson Balena - professor, fisioculturista e dono da academia
Para queimar as calorias extras e entrar em forma, homens e mulheres voltam para a academia antes das festas de final de ano e das férias

ELAINE BARCELLOS
Jornal
Correio de Videira

Se o inverno faz com que as pessoas escondam seus corpos, relaxando com os cuidados para evitar o sobrepeso, o verão é o que motiva homens e mulheres a expô-los ao sol e a sombra. É pensando nas férias que muitas pessoas se voltam para a prática de exercícios, algumas vezes desenfreada, em busca do corpo perfeito. Mas, o alerta para que se tenha cuidado com a retomada da atividade física, sem exageros, é do personal trainner Edson Balena.

Ele que tem uma academia no bairro Farroupilha há 16 anos, já sabe que no inverno as pessoas abandonam a prática dos exercícios, sem se lembrarem que este hábito favorece a saúde do corpo, além de manter o condicionamento físico. E quando o calor se aproxima, como vem ocorrendo há algumas semanas, a procura por um programa de treinamento cresce. Porém, Balena lembra que resultados rápidos só podem ser obtidos com o mínimo de 90 dias de dedicação a uma alimentação equilibrada, descanso e treino.

Balena explica que nesse período mínimo e de acordo com a estrutura física e a rotina desportiva, pode se obter bons resultados. “Conforme alguns organismos, tem pessoas que conseguem emagrecer até 12 quilos em três meses, mas com dedicação na execução dos exercícios e sob uma dieta adequada”, ressalta o treinador. No entanto, ele lembra que para ter uma definição da musculatura ou modelar o corpo é preciso mais tempo. No mínimo seis meses de treinamento contínuo.

Para quem busca mais do que corpos perfeitos, Balena orienta a prática constante de exercícios físicos. Enquanto os sedentários só lembram de fazer atividade física na primavera e no verão, os ativos se preocupam com a qualidade de vida, adotando um programa regular. Com uma hora diária de exercícios, durante cinco dias na semana, o preparador ressalta que a pessoa passa a condicionar o corpo, com uma resistência muscular cada vez melhor. “Tem literatura que diz que de 45 minutos a 1h30 é o tempo ideal, mas, na minha análise uma hora de exercícios moderados, cinco vezes por semana, é suficiente para uma pessoa sedentária, por exemplo, entrar em forma”, complementa.

Mas, ele ressalta alguns cuidados que devem ser adotados para a malhação. O equilíbrio entre alimentação, descanso (horas de sono) e um programa de exercícios adequado a cada meta e capacidade física individual é um deles. Outra precaução é o local e a estrutura da academia, que deve oferecer um profissional de educação física especializado e experiente. Além disso, procurar um médico regularmente para verificar as taxas de triglicerídeos, glicose, colesterol, pressão arterial, entre outros. Depois disso, é só começar a malhar.


DEZ DICAS para entrar em forma com saúde

Procurar um médico que avalie as condições físicas e do organismo, antes de começar um programa de exercícios

Certificar-se de que a academia que frequenta oferece serviços especializados e com profissionais experientes no condicionamento físico


Procurar orientação de uma nutricionista e seguir uma dieta adequada, conforme os objetivos pré-estabelecidos

Ingerir bastante líquido durante o dia para evitar a desidratação


Realizar os exercícios físicos com roupas confortáveis e leves

Evitar o consumo de comidas calóricas como massas, doces, pães e bebidas alcoólicas


Ter consciência dos limites físicos e seguir a orientação do profissional de educação física


Procurar se exercitar de acordo com a modalidade de sua preferência, para estimular a prática sem desanimar


Não utilizar de métodos rápidos para definição de músculos, como o uso de anfetaminas e anabolizantes


Praticar os exercícios nos horários de maior disposição ou concentração de energia