quinta-feira, 24 de junho de 2010

Shiatsu e Acupuntura

Medicina tradicional chinesa ganha adeptos em Videira
.
FOTOS ÁLBUM PESSOAL
Terapias alternativas a medicina tradicional tem maior número de profissionais habilitados e ganha reconhecimento científico, além de ser adotada como tratamento complementar
ELAINE BARCELLOS
Jornal CORREIO@


Cada vez mais terapias alternativas como o Shiatsu e a Acupuntura vem ganhando adeptos nos países ocidentais. Hoje, esses dois tratamentos são vistos com bons olhos pela ciência, profissionais da medicina tradicional e pacientes. Aqui no meio-oeste catarinense, o farmacêutico e bioquímico Fábio Casagrande do Nascimento se interessou pelos preceitos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), se especializou nessa área e hoje atua como terapeuta sob essas duas técnicas.

É ele que explica o que significa cada uma dessas terapias. O Shiatsu é um tipo de massagem desenvolvida no Japão em meados do século XIX, que se utiliza não de pressões, alongamentos e percussões baseados nos princípios terapêuticos da MTC e de um caráter meditativo durante seu procedimento. Ou seja, é uma massagem que proporciona um reequilíbrio físico e energético, agindo sobre músculos e articulações, liberando tensões e atuando sobre os sistemas nervoso, respiratório e circulatório.

Segundo Fábio, o Shiatsu é eficaz no tratamento do estresse, ansiedade, depressão, dores (de diversas causas e em diversas localizações), enxaqueca, na regulação do sono, intestino e na produção de relaxamento e bem estar da pessoa. “Em resumo, o Shiatsu é uma terapia que visa corrigir e prevenir disfunções físicas e emocionais, atuando na recuperação e manutenção da saúde”, esclarece o terapeuta, que também é acupunturista. Outra técnica oriental, que nos últimos anos vem alcançando maior difusão no Ocidente.

A acupuntura é uma técnica de tratamento que consiste no estímulo de pontos determinados da superfície da pele, onde o terapeuta utiliza agulhas durante o processo. “Ela age na causa do problema, como o shiatsu, mas com agulhas muito finas, descartáveis e específicas para acupuntura”, explica Fábio, que é pós-graduado no assunto. “É uma terapia complementar aos problemas de saúde que vem sendo procurada cada vez mais pelas pessoas por causa do maior número de profissionais da área da saúde habilitados no método. E também, principalmente, pelas comprovações científicas as quais essa técnica milenar vem conquistando fora do Oriente”, complementa o terapeuta.

Algumas pessoas com problemas de refluxo, constipação, fibromialgia, enxaqueca, dores em geral, insônia, ansiedade, depressão, estresse, síndrome do pânico, por exemplo, tem procurado na acupuntura uma forma de recuperação da saúde, sem o uso de medicamentos. Fábio tem tratado de uma paciente que sofre de enxaqueca crônica há aproximadamente 13 anos. Com sessões semanais de shiatsu e acupuntura associada, em 30 dias as dores já reduziram quase que 100%. Por consequência a paciente reduziu também o uso de medicamento, afirma ele.

Para realizar sessões de shiatsu e acupuntura, o terapeuta realiza a anamnese, uma entrevista que tem o objetivo de avaliar todos os problemas físicos e emocionais da pessoa. Para isso, ele utiliza algumas técnicas, como a análise dos cabelos, olhos, punhos e a verificação da pulsação. Dessa forma, o tratamento é direcionado a pontos específicos do corpo, embora a terapia busque o equilíbrio geral de energias. Cada sessão terapêutica dura em média 60 minutos, com exceção do primeiro encontro, que também inclui a anamnese.




SERVIÇO
Shiatsu e Acupuntura
(49) 3566.1233 ou 9142.3422
Fábio Casagrande do Nascimento
Atendimento em Videira todas as quartas-feiras, com hora marcada

Um comentário:

  1. peterson e eu fizemos algumas sessões de acupuntura e adoramos. fomos na escola em que o nosso amigo alex é diretor (ou algo parecido). voltando morar em poa se tiver interesse procura por ele. rola até um desconto

    ResponderExcluir

Troque uma ideia comigo sobre essa profissão perigo...