terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Mil e uma oportunidades



A vida profissional transcorre bem parecida com a pessoal. Por isso digo: há 1001 oportunidades esperando por cada um que se empenha em ter qualidade no seu dia a dia. Mas, para enxergar todas essas chances é preciso estar aberto para novas atividades e áreas de atuação. Ou ter a iniciativa – a vontade - de inovar. É bom para o mercado, é bom para a carreira. Depois é só correr para o sucesso [de certo...].

[21 de fev. de 2011]

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Dia do repórter

Tem dia para tudo nesse mundo bobo em que vivemos. Mas este, em especial, é válido. Já fui repórter e sei da felicidade e das agruras do dia a dia. Portanto, faço minhas, as palavras de homenagem do sindicato:

16 de fevereiro é o Dia do Repórter
O Sindicato dos Jornalistas Profisisonais do Rio Grande do Sul parabeniza os repórteres, profissionais que vão a campo para buscar a célula básica do Jornalismo - a informação. Sob chuva ou Sol, efrentando adversidades, distâncias, desconfiança e algumas vezes até ameaças, esses profissionais são motores dos jornais, revistas, rádios, emissoras de televisão, e mais recenemente da Internet. Cabe ao repórter colher os fatos que, ao vivo ou depois, serão levados ao público como um flagrante do cotidiano ou para mudar os rumos de uma nação.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Em busca de [boas] oportunidades


2011. Um novo tempo precisa de decisões recentes e inovadoras. Novos rumos. Novos projetos. Por isso, estou consultando uma coaching para me orientar no redirecionamento de minha carreira. E o que parecia ser uma simples tarefa, é algo mais complexo.

Não basta apenas ter um bom currículo. O que, sinceramente, confesso: não tenho [agravante número 1]. Mas ele tem que estar bem apresentável esteticamente e ainda conter informações subjetivas, latentes. Do tipo que um bom gestor de recursos humanos sabe reconhecer, assim que visualiza o documento. É nessa fase em que me encontro.

Depois, deverei encaminhá-lo de duas formas. Ao responder um anúncio ou quando busco oportunidade por iniciativa própria. Para cada uma dessas situações eu saberei como selecionar as informações e apresentá-las também. Faz parte da consultoria. Assim como também a produção de uma carta de apresentação.

Além disso, a minha coaching – que é maravilhosa, além de ser minha prima – também me ajudará a como direcionar a minha carreira. Sim, estou em dúvidas. Não sei em que área investir: se em Comunicação Empresarial, que amo e tenho experiência, ou se em Jornalismo Digital, área nova que cativa profissionais que buscam atualização.

Mas como ela mesma me disse, a prioridade é me recolocar no mercado de trabalho, neste primeiro momento. E assim que estiver estabelecida, buscar qualificação, especializações e oportunidades na área de interesse. Em resumo, aos poucos, estou voltando à ativa e ao que tudo indica, será um ano de grande crescimento profissional.